Search results for EU

We've found 3,236 lyrics, 0 artists, and 0 albums matching EU:

Eu admiro o que não presta
Eu escravizo quem eu gosto
Eu não entendo
Eu trago o lixo para dentro
Eu trago o lixo para dentro

Eu abro a porta para
Eu vivo mudando de opinião
Teias de aranha habitam meu coração
Pessoas tão honestas vagando pelas ruas
Me fazem lembrar que eu não passo de um
Eu perco o chão
Eu não acho as palavras
Eu ando tão triste
Eu ando pela sala
Eu perco a hora
Eu chego no fim
Eu deixo a porta aberta
Eu não
Marina, morena Marina
Você se pintou
Marina, você faça tudo
Mas faça um favor

Não pinte esse rosto que eu gosto
Que eu gosto, e é só meu
eu fico louco
eu fico fora de si
eu fica assim
eu fica fora de mim

eu fico um pouco
depois eu saio daqui
eu vai embora
eu fico fora de si
Eu vou sem senhuma direção
E eu so, não preciso nada mais
Lua, estrela
Meu caminho, meu destino

Lua, sol, que me dão seu calor

E eu, e eu
E
Ando meio desligado
Eu nem sinto meus pés no chão
Olho e não vejo nada
Eu só penso se você me quer

Eu nem vejo a hora de lhe dizer
Aquilo tudo
Se eu estivesse embrulhado em papel alumínio
Se eu tivesse o seu grupo sanguíneo
Se eu estivesse embrulhado em papel alumínio
Se eu tivesse o seu
O Compositor me disse
Que eu cantasse distraidamente esss cancão
Que eu cantasse como se o vento
Soprasse pela boca vindo do pulmão
E que eu
Quando eu chego em casa nada me consola
Você está sempre aflita
Lágrimas nos olhos, de cortar cebola
Você é tão bonita
Você traz a coca-cola eu
Seja eu,
Seja eu,
Deixa que eu seja eu.
E aceita
O que seja seu.
Então deita e aceita eu. 

Molha eu,
Seca eu,
Deixa que eu seja o céu.
E
Eu não gosto de padre
Eu não gosto de madre
Eu não gosto de frei
Eu não gosto de bispo
Eu não gosto de Cristo
Eu não digo amem
Eu não monto presépio
Seja eu, 
Seja eu, 
Deixa que eu seja eu.
E aceita
O que seja seu.
Então deita e aceita eu.

Molha eu, 
Seca eu, 
Deixa que eu seja o céu
E
[Chorus:]
Crian do Programa Curumim
Rouxin de Divinis

Eu vejo esses peixes e vou de cora
Eu vejo essas matas e vou de cora

Natureza...
Óia eu aqui de novo xaxando
Óia eu aqui de novo
Para xaxar

Vou mostrar presses cabras
Que eu ainda dou no couro
Isso é um desaforo
Que eu não
ouvir a sua voz
Vou telefonar dizendo
Que eu estou quase morrendo
De saudades de você

Eu te amo, eu te amo, eu te amo
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!

Eu não
Pode ir armando o coreto
E preparando aquele feijão preto
Eu tô voltando

Põe meia dúzia de Brahma pra gelar
Muda a roupa de cama
Eu tô voltando
Eu não gosto do bom gosto
Eu não gosto do bom senso
Eu não gosto dos bons modos
Não gosto
Eu aguento até rigores
Eu não tenho pena dos traídos
Eu vezes eu
Espalhados em mim
Eu mínimo
Múltiplo comum
Eu menos eu
Do que resta de mim
Eu máximo
Único - nenhum
Ela, ele, vocês
Vezes Ellis, os
Eu não sei fazer música
Mas eu faço
Eu não sei cantar as músicas que faço
Mas eu canto
Eu não tenho certeza
Mas eu acho
Eu não sei o que falar
Mas eu
Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Se eles são
Eu não morri, nnnnnão morri, eu juro pra vocês que eu não morri/ 
Eu não morri, nnnnnão morri, se eu tivesse morrido não estaria aqui/ foi a melhor
Não é que eu me arrependi
Eu tô com vontade de rir
Não é que eu me sinto mal
Eu posso fazer igual
Não é que eu vou fazer igual
Eu vou fazer pior
Não
(John)
Eu tomo pinga
Eu não sei o que é melhor pra mim
Eu tomo pinga
Mesmo já sabendo o que vai dar no fim
Eu tomo pinga
Será que eu tô gostando de
to do eu-eu-eu-eu can I come home to you
Baby I know I acted ugly oh how dumb can I be
But I'm sorry really I'm sorry just look at me see
And I'm so

The Web's Largest Resource for

Music & Lyrics


A Member Of The STANDS4 Network